Yago, o zagueiro-torcedor

Na torcida 22/01/2013
Após ser expulso de campo, atleta do Goiás vai pra bancada e torce feito louco

Yago na torcida durante a Copa São Paulo
Em campo, ele não cooperou. Expulso no começo do segundo tempo, tornou deveras complicada a missão do Goiás de segurar o empate contra o Bahia, nesta terça, pela semifinal da Copinha. Desolado, o zagueiro se recusou a ficar no vestiário. Queria ajudar.

Rezando na bancada - Copa São Paulo

Colando no alambrado na Copa São Paulo

Resolveu então se unir aos poucos torcedores alviverdes, minoria no Nicolau Alayon. Já calçando chinelos, mas ainda de uniforme, colou no alambrado. Xingou, orientou o time, gritou, rezou e negou sua camisa a dezenas de torcedores pidões.

Sofreu demais. A vitória foi dramática. Logo após sua expulsão, a juíza marcara um penal em  favor do tricolor. Raylan bateu e perdeu. A árbitra (estranho essa palavra no feminino) mandou voltar. Yago e seus parceiros de arquibancada surtaram. Raylan voltou a cobrar e novamente o goleiro Paulo Henrique espalmou.

O jogo foi decidido nas cobranças de pênaltis. Paulo Henrique pegou mais dois e, finalmente, Yago pôde voltar ao campo para comemorar.

 

 

 

 

 

Comentários

  1. João Ricardo disse:

    Muito legal o estádio Nicolau Alayon… Hoje, o Bahia não teve sorte.