Vento contra

Na torcida 04/11/2012
Anacleto Campanella – São Caetano x Atlético-PR

A visão do Anacleto Campanella em vermelho e preto embrulha o estômago do torcedor do São Caetano. Lembra a derrota na final do Brasileiro de 2001 para o Atlético-PR. Recordação viva neste sábado na disputa pelo acesso à Série A. "Já vi esse filme", comentou um local ao descer do ônibus e trombar com a turba rubro-negra.

Assim como há 11 anos, os atleticanos invadiram o Anacleto. Dos 5.100 pagantes, cerca de 1.500 eram visitantes. Vinte e sete ônibus saíram do Paraná. Do lado azul, recepção inflamada. Fogos de artifício, dezenas de faixas e balões azuis. A Bengala Azul, torcida de aposentados, levou até canhão-lançador de papel picado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No começo do 2º tempo, o roteiro do jogo seguia o déjà vu do torcedor do Azulão, 2 a 0 Atlético-PR. Hora de soltar nova leva de bexigas azuis. Meia dúzia delas, no entanto, foram parar na torcida rival. "É o poder do Furacão", gritou um atleticano com o patrimônio inimigo em mãos.

A equipe do ABC corria atrás do empate, diminuíram para 2 a 1, mas logo em seguida levaram o terceiro. A quatro rodadas do fim do campeonato, os paranaense subiram a 65 pontos, mantendo o 4º lugar. Abriram quatro de vantagem em relação ao adversário, quinto colocado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

  1. João Ricardo disse:

    Rock Horror Show. Perto dessas produções, o Halloween da Juventus de Turim não assusta nem criancinha… Rs!

    1. Itatiaia disse:

      Isso aew aqui todo mundo é locoooooo por ti ATLÉTICOOOOOOO